Criminalidade juvenil subiu 10% - Noticia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Criminalidade juvenil subiu 10% - Noticia

Mensagem  Admin em Ter Maio 15, 2012 3:48 pm

Segurança
por Valentina Marcelino, 25 Março 2010



O crime reduziu pouco em 2009: 1,2% no geral e 0,6% nos violentos. Foi o segundo pior ano da década.

Primeiro a parte boa: criminalidade desceu em 2009. Depois a menos boa: só desceu 1,2% nos crimes gerais participados às autoridades e um quase nada 0,6% na violenta e grave, percentagens que se fossem a subir seriam facilmente transformadas em "estagnação". Em termos brutos, o valor alcançado pela criminalidade geral (416 058 crimes) foi o segundo pior da década e o da violenta (24 163) o terceiro pior desde 1999. No ano passado tinham sido, respectivamente, o pior e o segundo pior.
Segundo dados do Relatório de Segurança Interna (RASI) de 2009 a que o DN teve acesso, dois crimes a registar aumentos, foram a criminalidade juvenil (cometida por menores de 16 anos) e os crimes sexuais. No primeiro caso houve um aumento de 10%, o que confirma a tendência de subida que estes casos vinham a registar e que só foi travada no ano passado, com uma diminuição brutal - e nunca bem esclarecida - de 42% deste tipo de criminalidade.
Em relação aos crimes de natureza sexual, o RASI indica um aumento de 13%. As participações dos casos de violação subiram 21%, com um total de 375 casos registados, um valor que só foi ultrapassado, na última década, em 2002, como 404 casos, e em 2003, com 391. Houve ainda um crescimento das participações de abuso sexual a crianças de 14%.
O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, e o secretário--geral do Sistema de Segurança Interna, Mário Mendes quiseram mostrar optimismo nos poucos números apresentados. "Mais do que a diminuição percentual, o importante é que se inverteu uma tendência de subida que se vinha a registar nos últimos anos", dis- se Rui Pereira. "Num ano de cri- se como o de 2009, uma diminuição da criminalidade é por si mesmo bom", acrescentou Mário Mendes.
Os dados que ontem disponibilizaram, após o documento ter sido aprovado no Conselho Superior de Segurança Interna, presidido pelo primeiro-ministro, José Sócrates - só hoje será divulgado o relatório na sua totalidade - apenas destacavam as evoluções positivas. É o caso do 'carjacking', dos roubos a bancos, ou dos homicídios.
O ministro destacou que Portugal se mantém no topo da tabela europeia, como país mais seguro com uma taxa de 37,7 crimes por 1000 habitantes (a média da Europa é 67,7) e que 12,6% (52 412)dos crimes registados resultado da "proactividade policial", ou seja, de uma maior fiscalização ou sensibilização das pessoas para denunciarem os crimes.
Mário Mendes deu nota da crescente "violência desproporcionada" em alguns crimes registados. "Um caso paradigmático", contou o juiz conselheiro, "aconteceu há pouco tempo, quando três indivíduos com armas de fogo assaltaram uma senhora apenas para roubar ... um iogurte e uma pastilha elástica".

Fonte: http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1527679&page=-1

Admin
Admin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 12/03/2012

Ver perfil do usuário http://servicosocial.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum